Entrada Franca
De 7 a 10 de Abril
no kartódromo municipal

# DanadodeBom

Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom contará este ano, com recursos da Lei Rouanet

Incentivo fiscal foi obtido por meio de aprovação de projeto pelo MinC
 
A 4ª edição do Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom, que começa nesta quinta-feira (8) e vai até domingo (10), começa com mais uma novidade: contará com recursos obtidos por meio da Lei de Incentivo Fiscal 8.313/91, conhecida como Lei Rouanet. Este ano, o projeto do evento foi aprovado pelo Ministério da Cultura (MinC), que permitiu a captação de R$ 1.946.681,70 junto a empresas, as quais terão os valores destinados à festa deduzidos do imposto de renda.

O projeto Cubatão Danado de Bom foi enviado pela Associação dos Artistas ao Ministério da Cultura, por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), instituído pela Lei Rouanet. Na apresentação, a entidade destaca que o Festival é um evento dedicado à cultura nordestina e sua diversidade e que promove o resgate da identidade cultural de Cubatão, cuja população possui mais de 60% dos cidadãos oriundos do Nordeste. "São pessoas que migraram para o Município a partir do final da década de 40, para a construção da Rodovia Anchieta e para trabalhar no polo industrial", lembra o presidente da Associação dos Artistas, Arnaldo Catalan Junior.

Além de resgatar a identidade cultural dos munícipes, segundo Catalan Junior, o evento é uma oportunidade para outras pessoas. "Com o festival, o visitante pode celebrar e conhecer mais a cultura do Nordeste através da música, artes plásticas, culinária e literatura, permitindo que essas pessoas se apropriem da história e origem, mostrando que foi a população nordestina a grande responsável pela construção de Cubatão".

A lei de incentivo fiscal permite que, depois de aprovada a proposta, o evento possa captar recursos junto a pessoas físicas pagadoras de Imposto de Renda (IR), que apresentam declaração completa, ou a empresas tributadas com base no lucro real visando à execução do projeto.

As empresas incentivadoras que apoiam o projeto poderão ter parte do valor desembolsado deduzido do imposto devido - conforme estabelecido pelo artigo 26 da lei 8.313/91 -, dentro dos percentuais permitidos pela legislação tributária. O incentivo não altera o valor a pagar ou a restituir do Imposto de Renda, apenas redireciona parte do tributo para o projeto escolhido.

"Ficamos ainda mais felizes de poder promover uma festa tão grandiosa e importante para Cubatão e para a região desta forma, com o apoio de empresas parceiras", destaca o secretário de Comunicação de Cubatão, Fernando Alberto Henriques Junior.

A 4ª edição do Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom tem o patrocínio da Elog, com apoio da Unipar Carbocloro, Vale, Anglo American. O evento é promovido em parceria com Associação Comercial e Industrial de Cubatão (ACIC), Ciesp Cubatão e Santos e Região Convention & Visitors Bureau e realização da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, Governo Federal, Prefeitura Municipal de Cubatão e Associação dos Artistas.