Entrada Franca
De 7 a 10 de Abril
no kartódromo municipal

# DanadodeBom

Cubatão Danado de Bom deve receber 80mil pessoas nos quatro dias de evento

Festival da Cultura Nordestina será realizado de 7 a 10 de abril, no Kartódromo Municipal, com shows de artistas consagrados
 
A maior festa nordestina fora do Nordeste está prestes a começar. O Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom deverá receber, de 7 a 10 de abril, um público estimado em 80 mil pessoas. E, este ano, o evento acontece em uma ocasião ainda mais especial: o aniversário da Cidade. Shows de artistas consagrados, teatro de arena, espaço para as crianças, artesanato, comidas típicas e apresentações de músicos e bandas da região vão animar ainda mais o evento, que será realizado no Kartódromo Municipal, com entrada gratuita.

O grande homenageado desta 4ª edição do Cubatão Danado de Bom será o escritor nordestino Ariano Suassuna. O romancista e dramaturgo autor de Auto da Compadecida terá uma exposição multimídia retratando sua vida e obra, em um espaço de 100 metros quadrados, climatizado, dentro da cidade cenográfica.

Para animar ainda mais a festa, todas as noites, o público será brindado com shows especiais no palco principal: Paralamas do Sucesso (dia 7), Lenine e Nação Zumbi (dia 8), Moraes Moreira e Davi Moraes (dia 9) e Pablo, o Rei da Sofrência (dia 10). Além dos grandes espetáculos, vai ter apresentação de 120 artistas que se revezarão nos palcos principal e cultural, situado dentro da Praça de Alimentação.

Criado em 2010 pela Prefeitura de Cubatão, o festival faz parte do calendário oficial de eventos do Estado de São Paulo. As três edições anteriores somaram um público de quase 200 mil pessoas. Além de representar uma festa de lazer e cultura, o Danado de Bom também movimenta a economia da Cidade, desenvolve o turismo e atrai visitantes da região e do Estado. A festa também agita o comércio e a hotelaria da Cidade, além de representar um grande apoio às entidades assistenciais do Município, as quais têm a oportunidade de gerar renda extra nos dias de festival.

O Cubatão Danado de Bom visa celebrar as raízes nordestinas da população cubatense, já que mais de 60% dos moradores da Cidade são nascidos naquela região do país ou são descendentes diretos (filhos e netos), conforme estimativa da Administração Municipal.

Estrutura - Para receber milhares de pessoas todos os dias, o Cubatão Danado de Bom conta com uma estrutura especial: palco principal com mais de 200 m² e área para abrigar um público de cerca de 30 mil pessoas, praça de alimentação de 1.500 m², camarote com 200 m², área de lanchonete das entidades assistenciais de 400 m², espaço destinado à Polícia Militar e posto médico.

Na praça de alimentação, seis restaurantes irão vender refeições típicas do nordeste, como carne seca com mandioca, carne de sol, feijão tropeiro, sarapatel, buchada de bode, cuscuz com costela, galo com feijão de corda, caldos (camarão, sururu, costela), lanches com carne, açaí na tigela e porções diversas. Os visitantes também poderão se deliciar com acarajé, moqueca com cação e arroz de coco, crepes diversos, espetinhos, dados de tapioca, baião de dois, pernil e calabresa, além de bebidas como refrigerante, água, sucos, cachaças, batidas e drinks. Na área destinada às entidades assistenciais, serão vendidos bebidas e alimentos prontos e semi-prontos.

Segurança - O festival, bastante esperado e prestigiado por moradores da região e turistas que vêm de fora especialmente para o evento, contará com o apoio da Polícia Militar e de 110 seguranças especialmente contratados para a festa.

O evento terá ainda uma plataforma de observação e uma base móvel da Polícia Militar, além de homens do Programa Operação Delegada e de viaturas que farão rondas no entorno.  Por questão de segurança, não será permitido o acesso de pessoas com vasilhames de vidro e, no interior da festa, os latões de lixo serão de plástico. A fim de facilitar a chegada do público que for de carro para o local, haverá placas sinalizadoras indicando a rota e sugerindo os bolsões de estacionamentos particulares. Para os usuários do transporte coletivo, os ônibus irão funcionar até a 1 hora da manhã.

Exposição - Grande homenageado da 4ª edição do Cubatão Danado de Bom, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna terá um espaço totalmente dedicado à sua vida e obra. O acervo contará com fotos da exposição O Decifrador, de Alexandre Nóbrega, filmes, livros, gravações e revistas que contam um pouco da trajetória deste famoso nordestino.

Além do material que poderá ser visto, lido, assistido e ouvido, durante a exposição, o escritor e doutor em Literatura Brasileira Carlos Newton Júnior ministrará duas palestras sobre Ariano Suassuna, nos dias 9 e 10. O palestrante é formado em Arquitetura e História, com especialização em teoria das Artes Plásticas, mestrado em Literatura Comparada e doutorado em Literatura Brasileira. Professor do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco e autor de mais de dez livros, nos campos da poesia, do romance e do ensaio, é dele o acervo que ficará exposto no festival, com exceção das fotos.

A exposição O Decifrador conta com fotografias do escritor em momentos íntimos e descontraídos. As imagens foram feitas nos últimos anos de vida de Suassuna, de quem Nóbrega era assessor e genro.

Teatro de arena - A grande novidade deste ano no Danado de Bom será o teatro de arena, que ficará dentro da cidade cenográfica, com palco e arquibancada com capacidade para 100 pessoas. Neste espaço, serão encenadas peças em todos os dias do evento: Cinderela Brasileira (quinta, 22 horas), Zigzaguiá (sexta-feira, 19h30), Auto da Compadecida (sábado, 11 e 18 horas e domingo, às 12 horas), Oficina de teatro físico (domingo, 14 horas) e Cinderela Brasileira (domingo, 19h30).

Já a cidade cenográfica, primeira atração para quem passa pelo portal do Danado, terá 800 metros quadrados de parede cenográfica, retratando casas do Nordeste, com pelourinho e uma igreja. O espaço também contará com dez casas ativadas, entre elas, uma igreja, uma escola, uma quitanda, e outras duas com venda de artesanato e produtos da marca do Festival.

Danadinho de Bom - As crianças terão diversão garantida em uma área coberta e climatizada de 150 metros quadrados, com o mesmo espaço externo, cercado, ao lado da praça de alimentação. Todas as ações e atividades desenvolvidas no Danadinho de Bom serão acompanhadas por monitores.

O Danadinho será centrado em atividades lúdicas e brincadeiras de rua. Amarelinha, balança-caixão, boca de forno, bolinha de gude, pião, cabra-cega, pula corda, perna de pau, bambolê, iô-iô, elástico e corrida de saco farão a alegria da criançada. No espaço, haverá também oficinas de recicláveis com a construção de vai e vem, cinco marias, pé de lata, bilboquê e pipa, entre outros. O local contará ainda com atividades de contação de histórias, pintura de rosto, escultura de balão e confecção de fuxico.

Meio ambiente - A fim de proteger o meio ambiente e contribuir para a conscientização da população sobre a necessidade dessas iniciativas, durante e após o evento serão adotas medidas que visam diminuir o impacto ambiental causado por grandes aglomerações, como a geração de lixo orgânico e a emissão de gás carbônico.

Todo o lixo orgânico gerado durante os quatro dias de evento deverão ser descartados em pontos específicos. Já os materiais recicláveis como copos, latinhas e papeis serão coletados e encaminhados para a Cooperativa ABC Marba, responsável pela coleta seletiva de lixo na Cidade. A fim de compensar a emissão de carbono, ao final do evento, serão plantadas árvores de espécies nativas na Praça da Independência, no Jardim Casqueiro, e no Parque do Perequê. De acordo com a geração de carbono durante o festival, será calculada a quantidade de mudas.

Todo o óleo utilizado para o preparo das refeições e dos pratos servidos durante o Danado de Bom na praça de alimentação e nas barracas das entidades assistenciais também será coletado por uma empresa. Em troca, será entregue material de limpeza para a Secretaria de Assistência Social, que encaminhará os itens a entidades assistenciais e à cooperativa ABC Marba.

A 4ª edição do Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom tem o patrocínio da Elog, com apoio da Unipar Carbocloro. O evento é promovido em parceria com Associação Comercial e Industrial de Cubatão (ACIC), Ciesp Cubatão e Santos e Região Convention & Visitors Bureau e realização da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, Governo Federal, Prefeitura Municipal de Cubatão e Associação dos Artistas.