Entrada Franca
De 7 a 10 de Abril
no kartódromo municipal

# DanadodeBom

Cubatão Danado de Bom está de volta para comemorar aniversário de Cubatão

Maior Festival da Cultura Nordestina fora do Nordeste será de 7 a 10 de abril
 
O Cubatão Danado de Bom, maior festival nordestino fora do Nordeste, está de volta. Este ano, o evento ocorre em uma ocasião ainda mais especial: o aniversário de Cubatão. Serão quatro dias de muita festa, de 7 a 10 de abril, com shows de artistas consagrados, comidas típicas, dança, artesanato e novidades.

Nesta 4ª edição, o escritor, dramaturgo e poeta nordestino Ariano Suassuna será o grande homenageado e ganhará um museu para receber muitos livros, gravuras e ações multimídia com entrevistas do escritor, além de fotografias.

Grandes nomes da MPB também irão se juntar em uma linda homenagem a Suassuna: Paralamas do Sucesso (dia 7), Lenine e Nação Zumbi (dia 8), Moraes Moreira (dia 9) e Pablo, o rei da sofrência (dia 10). Tudo com entrada gratuita.

O público vai ariar a fivela todas as noites, com as apresentações de 120 artistas que se revezarão nos palcos principal e cultural. Como nos anos anteriores, o Festival da Cultura Nordestina será no Kartódromo Municipal (Rua Embaixador Pedro de Toledo, s/nº).

Atrações - Em 2016, a grande novidade será o teatro de arena, com apresentações de peças e espetáculos teatrais para todas as idades. O Auto da Compadecida, obra mais conhecida de Suassuna será um dos destaques.
A criançada também terá diversão e cultura garantidas na área infantil. Totalmente lúdico, o espaço Danadinho de Bom irá promover a aproximação da garotada junto à cultura nordestina, por meio de brincadeiras e jogos acompanhados por monitores.

Haverá, ainda, dança, cultura popular, folclore, artes plásticas e literatura, entre outras manifestações artísticas. E, para fazer com que o público se sinta ainda mais perto do Nordeste, uma cidade cenográfica de 1.500 m² vai retratar uma vila matuta do sertão.

Para dar conta dessa maratona de atividades, moradores da região e turistas terão a oportunidade de matar a saudade ou conhecer um pouco mais da culinária nordestina e encher o bucho com deliciosas iguarias, saboreando pratos típicos nos restaurantes da Praça de Alimentação.

Ariano Suassuna - Nesta 4ª edição, o festival irá homenagear o nordestino Ariano Suassuna que tornou-se um dos maiores nomes da arte e da cultura brasileiras. Foi defensor da cultura popular e ficou famoso por obras como O Romance d'A Pedra do Reino e Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta. Chicó e João Grilo, de O Auto da Compadecida, foram eternizados no cinema e na TV e já fazem parte do imaginário popular.

Foi durante a sua infância, no sertão paraibano, que Ariano Suassuna se familiarizou com os temas e as formas de expressão que mais tarde vieram a povoar a sua obra. "Não troco o meu oxente pelo ok de ninguém!", declarou, certa vez, zeloso de sua cultura nordestina. O escritor também foi integrante da Academia Brasileira de Letras e secretário de Cultura de Pernambuco. Ariano faleceu em 2014, aos 87 anos, em Recife.

Raízes - O Cubatão Danado de Bom visa celebrar as raízes nordestinas da população cubatense, já que mais de 60% dos moradores da Cidade são nascidos naquela região do país ou são descendentes diretos, conforme a Administração Municipal.

Criado em 2010 pela Prefeitura de Cubatão, o festival, que tem o apoio de grandes empresas da região, faz parte do calendário oficial de eventos do Estado de São Paulo. As três edições anteriores somaram um público de quase 200 mil pessoas. Além de representar um evento de lazer e cultura, o festival também movimenta a economia da Cidade, desenvolve o turismo e atrai visitantes da região e do estado. E movimenta o comércio e a hotelaria da Cidade, além de representar um grande apoio às entidades assistenciais do Município, que têm a oportunidade de gerar renda extra durante o festival.

Lei Rouanet - Uma grande notícia é a aprovação do projeto na Lei Rouanet, de Incentivo à Cultura, que prevê abatimento no imposto de renda das empresas patrocinadoras do evento. A notícia, comemorada pelos organizadores, vai permitir a sua realização com recursos da iniciativa privada.

Texto: Tatiana Lopes